Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

CULTURA


Cultura democrática e popular Compartilhar

Carro-biblioteca da UFMG vira política municipal de BH

 
Léo Rodrigues | 02/06/2008 Notícia publicada no portal da Procuradoria Federal na UFMG

Convênio entre UFMG e Fundação Municipal de Cultura, previsto para ser assinado no dia 03 de julho, transformará projeto de extensão em política pública de Belo Horizonte.

Novo veículo adquirido pela Escola de Ciência da Informação da UFMG integrará projeto do Carro-Biblioteca

Novo veículo adquirido pela Escola de Ciência da Informação da UFMG integrará projeto do Carro-Biblioteca | Foto: divulgação

Há 37 anos, a Escola de Ciência da Informação da UFMG apostou num projeto de extensão ousado que agora está sendo convertido em política da Fundação Municipal de Cultura, órgão vinculado à Prefeitua de Belo Horizonte. Trata-se do Carro-Biblioteca. O veículo, que na verdade é um ônibus, tem o objetivo de democratizar a informação e a leitura junto às comunidades da periferia de Belo Horizonte. Durante o período em que o veículo permanece em um determinado local, são realizadas diversas ações culturais e educativas na expectativa de fazer surgir novos leitores entre o público presente. Quando o Carro-Biblioteca deixa uma comunidade, não significa que está abandonando as pessoas do local. Isso porque, paralelamente, são desenvolvidas iniciativas para criação e implementação de bibliotecas comunitárias locais.

O sucesso da proposta é tamanho que a instituição está colocando nas ruas veículo mais moderno: o quarto desde que o projeto teve início. O novo ônibus, além das estantes repletas de livros, disponibiliza para as populações carentes acesso à internet via satélite, televisão com tela de plasma, câmera fotográfica, filmadora, telão para projeções, impressora e aparelho de DVD. “Este leque de recursos oferecidos está diretamente interligado com a proposta do Carro-Biblioteca, pois não se concebe a democratização da informação sem a inclusão digital”, diz Lígia Dumont, atual diretora da Escola de Ciência da Informação e ex-coordenadora do projeto.

Novo veículo adquirido pela Escola de Ciência da Informação da UFMG integrará projeto do Carro-Biblioteca

Carro-Biblioteca emprestado à Prefeitura de BH | Foto: divulgação

Ônibus antigo não sairá de circulação

O ônibus que vinha sendo utilizado antes da aquisição do novo veículo continuará exercendo a sua função, mas será coordenado pela Fundação Municipal de Cultura. A Procuradoria Federal na UFMG acaba de analisar a proposta de convênio que permitirá o empréstimo do antigo Carro-Biblioteca. “O veículo antigo era um micro-ônibus e, devido às limitações de espaço, não permitia a instalação de novas tecnologias da informação, assim como não era equipado com acesso à internet. Mas ele está em perfeitas condições de uso e contém alguns recursos como projetor multimídia e telão. Seria um desperdício deixá-lo estacionado e, por isso, decidimos repassá-lo para a coordenação do poder público municipal, através da Fundação Municipal de Cultura”, explica Lígia Dumont.

Pelo convênio, a Fundação Municipal de Cultura se compromete a manter as características do projeto, visitando comunidades periféricas e levando informação e leitura para o público. A Fundação também continuará recebendo alunos da UFMG como estagiários. Na prática, a iniciativa da Escola de Ciência da Informação da UFMG está se tornando política pública do município.

Na análise da proposta de convênio, a Procudadoria Federal na UFMG apontou apenas a necessidade de algumas modificações de ordem técnico-jurídica. Feitas tais alterações, o documento estará pronto para que as partes possam assinar, trazendo a Fundação Municipal de Cultura para este vitorioso projeto. A previsão é de que a assinatura do convênio ocorra no dia 03 de julho, às 10hs, no Gabinete do Reitor da UFMG.

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil