Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

CULTURA


Cultura democrática e popular Compartilhar

UNE quer que o forró seja considerado patrimônio imaterial da humanidade

 
Léo Rodrigues | 22/01/2013 - 12:13 Notícia publicada pelo Portal EBC

A lista de patrimônios culturais imateriais da Unesco reúne, atualmente, 232 elementos de 86 países. Seu objetivo é proteger tradições, rituais, costumes e conhecimentos, mantendo-os vivos e seguros

Brasília - O forró é o principal ritmo nativo do sertão nordestino. Popular em todo o Brasil, sua disseminação se deu através da intensa imigração dos nordestinos para outras regiões do país. Durante a 8ª Bienal de Arte e Cultura da União Nacional dos Estudantes (UNE), que começa hoje em Recife e Olinda (PE), os universitários irão lançar uma campanha para que o forró seja considerado patrimônio cultural imaterial da humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco).

Além do ritmo, o forró também se popularizou como um dança específica, comum em todo o Brasil

Forró se popularizou como ritmo e dança.
Foto: Expansão Cultural / Creative Commons

A lista de patrimônios culturais imateriais reúne, atualmente, 232 elementos de 86 países. Seu objetivo é proteger tradições, rituais, costumes e conhecimentos, mantendo-os vivos e seguros. No mês passado, a Unesco concedeu o título ao frevo, expressão artística do carnaval do Recife.

LEIA TAMBÉM:

  • Bienal da UNE começa com espetáculo gratuito sobre Luiz Gonzaga
  • História da Bienal aponta poder de mobilização de estudantes e artistas
  • Bienal da UNE tem recorde de trabalhos na mostra científica
  • A diretora de cultura da UNE, Maria das Neves, explica que a campanha é também uma forma de reforçar a homenagem que o evento faz à Luiz Gonzaga, um dos principais expoentes do forró. "A Bienal vem se consolidando como um espaço voltado para valorizar a cultura popular brasileira, ajudando a identificar elementos da nossa identidade nacional. O forró é um desses elementos e está em sintonia com o tema desta edição do evento", ressalta ela.

    A campanha da UNE se junta a um movimento já existente. Recentemente, alguns grupos de forró do Ceará entraram com um processo no Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e no Ministério da Cultura (Minc) para que o ritmo seja considerado patrimônio cultural imaterial. O reconhecimento desses órgãos é um primeiro passo para que a demanda também chegue à Unesco.

    Segundo Maria das Neves, o lançamento da campanha aproveitará a presença da ministra Marta Suplicy na Bienal da UNE. Ela receberá uma carta elencando os motivos para a concessão do título ao forró.

    Mais recursos para a cultura

    Durante a Bienal, a UNE também irá reforçar uma de suas bandeiras apresentadas nos últimos anos: 2% do PIB para a cultura. Segundo Maria das Neves, o investimento em cultura é uma demanda transversal. "Não basta uma iniciativa particular do Governo Federal. É preciso que os municípios construam bibliotecas, cinemas, teatros e praças digitais. Nas cidades pequenas e nas periferias das grandes capitais, faltam aparelhos culturais. Existem muitos brasileiros que nunca entraram numa sala de cinema e essa situação precisa ser enfrentada", acrescenta.

     

    comments powered by Disqus

     

    O EDITOR


    Léo Rodrigues

    Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

     

    O BLOG


    O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

     

    QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

    Alguns direitos reservados
    Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
    Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
    Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil