Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

ESPORTE


Bastidores Compartilhar

Gramado do Maracanã requer tratamento especial devido à maratona de jogos

 
Produção: Léo Rodrigues / Reportagem: Marcelo Castilho | 28/11/2014 Notícia veiculada pela TV Brasil / Repórter Brasil

Entre os grandes clube do Rio de Janeiro, apenas o Vasco não utiliza frequentemente o palco histórico do futebol brasileiro

Desde que foi reinaugurado, o Maracanã é o palco que recebeu maior número de jogos oficiais da CBF.

Desde que foi reinaugurado, o Maracanã é o palco que recebeu maior número de jogos oficiais da CBF. | Foto: Leandro Neumann Ciuffo / Creative Commons

Reinaugurado no dia 21 de julho, o Maracanã rapidamente retomou o seu status de estádio mais importante do Rio de Janeiro. Flamengo, Fluminense e Botafogo têm acordos com o consórcio que administra o espaço para realização das partidas em que atuam como mandante. Entre os grandes da capital, apenas o Vasco não utiliza frequentemente o palco histórico do futebol brasileiro, preferindo jogar em São Januário.

Desde a reinauguração, o Maracanã já acumula 38 partidas (números até Flamengo x Goiás, em 06/11), uma média de 2,37 por semana. Neste período, é o palco que recebeu o maior número de jogos oficiais da CBF. O alto número de partidas é também consequência da interdição do Engenhão, principal estádio da cidade em 2012.

Futuro palco da Final da Copa de 2014, o Maracanã levanta uma preocupação extra: o gramado, que sofre com esse excesso de jogos, precisa chegar à competição internacional em sua melhor condição. A Fifa já manifestou críticas em relação ao estado do campo do Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). Para também na se tornar fonte de dor de cabeça, os cuidados no Maracanã vêm sendo redobrados. No mês passado, houve o replantio da grande área.

- Confira a matéria da TV Brasil, com produção de Léo Rodrigues e reportagem de Marcelo Castilho:

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil