Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

ESPORTE


Bastidores Compartilhar

A dois anos das Olimpíadas 2016, esgoto na Marina da Glória preocupa velejadores

 
Produção: Léo Rodrigues e Mariana Lewkowicz / Reportagem: Thaís Araújo | 17/02/2014 Notícia veiculada pela TV Brasil / Repórter Rio

Crise financeira das empresas de Eike Batista deixa incerto os investimentos para despoluição da Marina da Glória, local previsto para receber as provas da vela durante as Olimpíadas de 2016.

Poluição da Marina da Glória preocupa velejadores

Poluição da Marina da Glória preocupa velejadores. Foto: Rodrigo Soldon / Creative Commons

A Marina da Glória receberá, em agosto deste ano, o primeiro teste para as regatas dos Jogos Olímpicos de 2016. A seis meses do evento, ainda não foi solucionado o problema do despejo irregular de esgoto na região.

Em 2011, o empresário Eike Batista fechou uma parceria com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) para implantar o que é conhecido como galeria de cintura: os cem litros de esgoto por segundo, provenientes de ligações clandestinas na rede de águas pluviais de parte do centro da cidade, seriam captados e levados até o emissário submarino de Ipanema. No entanto, a crise financeira vivida por algumas empresas de Eike deixou incerto o futuro das obras.

A situação gera desconforto entre os atletas. Alguns velejadores como Martine Grael e Ricardo Winicki, o Bimba, chegaram a a defender publicamente que as provas das Olimpíadas 2016 fossem transferidas para Búzios. Já Isabel Swan, bronze em Pequim 2008, discorda da mudança como se poderá ver na reportagem da TV Brasil abaixo.

Apesar do problema, o Comitê Organizador Rio 2016 emitiu uma nota manifestando sua confiança na superação da questão e confirmou que o evento-teste de agosto está mantido. O texto enfatiza ainda que 18 ecobarreiras e 10 novos ecobarcos estão sendo utilizados na coleta de detritos flutuantes.

- Confira a matéria da TV Brasil, com produção de Léo Rodrigues e Mariana Lewkowicz e reportagem de Thaís Araújo:

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil