Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

SOCIEDADE


Sociedade e democracia Compartilhar

Falcões adestrados reduzem chance de acidentes no Galeão

 
Produção: Léo Rodrigues / Reportagem: Daniel Isaía | 19/03/2014 Notícia veiculada pela TV Brasil / Repórter Rio

Há mais de três meses o Aeroporto do Galeão não registra nenhuma colisão entre aviões e pássaros. O fato se deve à atuação de 16 aves de rapina, entre falcões e gaviões, treinadas para afugentar e capturar pássaros que rodeiam a área utilizada pelas aeronaves. Os animais capturados passam por veterinários e são soltos no Parque Natural do Gericinó, em Nilópolis.

A falcoaria é uma arte milenar voltada para o treinamento das aves de rapina que é exercida em diversos países do mundo. Este tipo de trabalho teve início no Galeão em 2013. No Brasil, só há mais dois aeroportos com equipes de falocaria: Salgado Filho, em Porto Alegre, e Pampulha, em Belo Horizonte.

O último relatório de risco aviário do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) é de 2012 e registra 1.604 ocorrências em todo o Brasil naquele ano. O Galeão, com 67 colisões entre aves e aeronaves, despontava como o 5º aeroporto brasileiro com maior incidência.

A presença de grandes populações de aves em regiões aeroportuárias põe em risco a segurança das aeronaves. O caso mais emblemático dos últimos tempos ocorreu em 2009, em Nova York. Na ocasião, um bando de pássaros se chocou com as turbinas de uma aeronave da US Airways com 155 pessoas a bordo, obrigando o piloto a realizar um pouso de emergência sobre o Rio Hudson. Não houve feridos.

- Confira a matéria da TV Brasil, com produção de Léo Rodrigues e reportagem de Daniel Isaía:

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil