Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

SOCIEDADE


Sociedade e democracia Compartilhar

Swissleaks: contas do HSBC na Suíça reveladas em vazamento será tema de CPI

 
Produção: Léo Rodrigues / Reportagem: Paula Ottoni | 04/03/2015 Notícia veiculada pela TV Brasil / Repórter Brasil

O escândalo teve origem a partir do vazamento, por um ex-funcionário do HSBC, de uma lista com milhares de nomes de clientes da agência do sediada na Suíça. As informações correspondem a contas que estavam abertas no período entre 2006 e 2007.

HSBC: agência em Genebra (Suíça) | Foto: Beat Strasser / Creative Commons

O escândalo Swissleaks, o maior vazamento de dados bancários da história mundial, está movimentando o Congresso. Na última quinta (26/02), o senador Randolfe Rodrigues (PSOL/AP) anunciou que conseguiu o apoio de 30 senadores (portanto, mais que o mínimo de 27) para a criação de uma CPI que investigue as suspeitas de sonegação e evasão fiscal. Na última sexta (27/02), o presidente do senado Renan Calheiros (PMDB/AL), decidiu a favor da instalação da CPI, o que deve ocorrer esta semana.

Paralelamente, no último sábado (28/02), o Ministério da Justiça divulgou nota anunciando que a Polícia Federal foi acionada para investigar os nomes presentes na lista. O Governo Federal ainda não possui os dados, mas se valerá de tratados com a Suíça para solicitar todas as informações.

Para entender

O escândalo teve origem a partir do vazamento, por um ex-funcionário do HSBC, de uma lista com milhares de nomes de clientes da agência do banco sediada em Genebra (Suíça). As informações correspondem a contas que estavam abertas no período entre 2006 e 2007. Países como França, Bélgica e Argentina já estão investigando os seus cidadãos listados. Na Argentina, o Grupo Clarín é um dos donos de contas.

A lista foi entregue pelo ex-funcionário ao jornal francês Le Monde, que fez um acordo para compartilhar as informações com o ICIJ (International Consortium of Investigative Journalists), que reúne profissionais de diversos países. No Brasil, o colunista do UOL Fernando Rodrigues é o detentor dos dados, onde há registro de mais de 8 mil brasileiros que podem estar burlando a Receita Federal. Quem são esses clientes é a pergunta que todos fazem.

Fernando Rodrigues informou que só vai divulgar nomes que tenham interesse público para não expor publicamente pessoas que estejam em condição legal, já que só manter conta no exterior não é crime. Entre os divulgados até agora, estão 31 empresários ligados às empresas de ônibus do Rio de Janeiro.

A situação traz a tona o debate sobre a existência de paraísos fiscais. Há 3 anos, cerca de 50 entidades internacionais realizaram uma campanha pelo fim dos paraísos fiscais. O Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc), ong sediada em Brasília-DF, era o responsável pela iniciativa no Brasil. Segundo dados da ong, entre os anos de 2007 e 2009, foram desviados do país cerca de 260 bilhões de dólares para as Ilhas Cayman, Ilhas Virgens Britânicas e Bahamas. Além disso, em 2009, a sonegação de impostos no Brasil teria alcançado 9% do PIB.

- Confira a matéria da TV Brasil, com produção de Léo Rodrigues e reportagem de Paula Ottoni:

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil