Portfólio do editor em

Belo Horizonte,

Mapa do Blog | Avise Erros | Contato

COMUNICAÇÃO | SOCIEDADE | CULTURA | ESPORTE

 

SOCIEDADE


Sociedade e democracia Compartilhar

Livro resgata ocupação da zona sul do Rio a partir da Lagoa Rodrigo de Freitas

 
Produção: Léo Rodrigues / Reportagem: Paula Ottoni | 22/09/2015 Notícia veiculada pela TV Brasil / Repórter Rio

A obra "A Fazenda Nacional da Lagoa Rodrigo de Freitas", de Claudia Gaspar e Carlos Eduardo Barata, relatam o desenvolvimento de bairros ao redor da lagoa, como Jardim Botânico, Horto, Gávea, Leblon, Ipanema, Lagoa e Fonte da Saudade

A pesquisa de Claudia Gaspar e Carlos Eduardo Barata é recheada com documentos, fotografias e pinturas | Imagem: TV Brasil

O lançamento oficial será só no dia 3 de outubro, mas na Bienal do Livro, que se encerrou no dia 10 de setembro, já foi possível conferir a obra A Fazenda Nacional da Lagoa Rodrigo de Freitas - formação de Jardim Botânico, Horto, Gávea, Leblon, Ipanema, Lagoa e Fonte da Saudade.

O trabalho é resultado da pesquisa de Claudia Gaspar e Carlos Eduardo Barata, sendo recheado com documentos, fotografias, pinturas e recortes de jornal que ilustram a época e relatam o desenvolvimento dos bairros adjacentes. A ocupação dos arredores da Lagoa se deu a partir de 1575, com a fundação de um engenho de açúcar, propriedade do rei de Portugal. Como dava prejuízo aos cofres da coroa, o engenho foi vendido para uma família nobre. Assim ficou até 1808, quando foi desapropriado por Dom João, que fundou uma fábrica de pólvora e o Jardim Botânico. Foi o que acabou incentivando a expansão de pequenos aglomerados urbanos no entorno da lagoa.

A obra traz informações curiosas. Ele ressalta, por exemplo, que os bairros em volta da lagoa constituíam uma fazenda que fornecia leite para a urbana Botafogo. Também explica que o Solar da Imperatriz nunca foi da Imperatriz. E que a origem do nome do bairro Ipanema vem de Sorocaba, em São Paulo.

- Confira a matéria da TV Brasil, com produção de Léo Rodrigues e reportagem de Paula Ottoni:

 

comments powered by Disqus

 

O EDITOR


Léo Rodrigues

Repórter da Agência Brasil, formado em Comunicação Social pela UFMG em 2010. Ex-jornalista da TV Brasil e do Portal EBC, onde também atuou como editor de esportes. Diretor de documentários cujo foco de interesse é a cultura popular, entre eles os longas "Aboiador de Violas" e "Pra fazer carnaval mais uma vez". Saiba mais

 

O BLOG


O trabalho do jornalista nunca é isento. Trata-se de um exercício constante de escolhas. Para onde apontar a lupa? De que ângulo posicionaremos a lupa? Este espaço surge a partir do interesse do editor em concentrar o seu acervo de produções jornalísticas e, ao mesmo tempo, propor coberturas e reflexões sobre comunicação, sociedade, cultura e esporte. Entenda melhor a proposta

 

QUEM É O EDITOR | PROPOSTA DO BLOG | MAPA DO BLOG | AVISE ERROS | CONTATO

Alguns direitos reservados
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil exceto quando especificado em contrário.
Permitida a cópia, redistribuição e alterações desde que se conceda os devidos créditos e mencione caso alguma adaptação tenha sido realizada.
Saiba mais como funciona a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil